Viajando em Busca do Saber

Blog da Professora Iára de Andrade Rezende Costa, do Colégio Estadual Joaquim de Macedo em Barra do Piraí - RJ

8.24.2006

AVALIAÇÃO DO MODULO I

Atividade de Reflexão

“O professor tem um grande leque de opções metodológicas, de possibilidades de organizar sua comunicação com os alunos, de introduzir um tema, de trabalhar com o aluno, presencial e virtualmente, de avaliá-los”.

Cada docente pode encontrar sua forma mais adequada de integrar as várias tecnologias e procedimentos metodológicos. Mas também é importante que amplie, que aprenda a dominar as formas de comunicação interpessoal/grupal e as de comunicação audiovisual/telemática.”
Moran- http://www.eca.usp.br/prof/moran/tec.htm
A leitura dos textos indicados no nosso curso e a visita ao site da Escola de Comunicação e Artes da USP, nos textos do professor Moran, me fizeram refletir por várias horas, a situação atual da educação no Brasil .Pude perceber como está caminhando de forma muito lenta quando comparadas aos outros setores sociais.
A utilização, por exemplo, da informática tem sido conservadora para a grande maioria da população, tendo em vista o desemprego tecnológico e o descomprometimento dos educadores com a democracia (entre outros).
Moran, destaca a péssima remuneração dos professores, suas duvidosas formações, a deplorável qualidade do ensino nas escolas públicas do ensino fundamental e médio e a semi-alfabetização dos alunos, que inclui países como o próprio EUA, como sendo um indício de que esse fenômeno do descomprometimento com a educação não é um fenômeno típico de antigo terceiro mundo, mas um fenômeno mundial .
Sabemos que Através da Internet, por exemplo, tem-se acesso durante o dia e a noite a vários serviços on line como: assistência para os consumidores, prestação de serviços variadíssimos, consulta a banco de dados, bibliotecas, museus, hotéis, etc.. A Internet permite a troca e o compartilhamento de dados com pessoas do mundo todo, fornecendo o acesso a uma imensurável quantidade de informações.
A utilização pedagógica da Internet é um desafio que os professores e as escolas estarão enfrentando neste final de século, pois ela apresenta uma concepção socializadora da informação.
A Internet tem cada vez mais atingido o sistema educacional e as escolas. As redes são utilizadas no processo pedagógico para romper as paredes da escola, bem como para que aluno e professor possam conhecer o mundo, novas realidades, culturas diferentes, desenvolvendo a aprendizagem através do intercâmbio e aprendizado colaborativo.
Moran ,destaca também que com a Internet estamos começando a ter que modificar a forma de ensinar e aprender tanto nos cursos presenciais como nos de educação continuada, a distância. Só vale a pena estarmos juntos fisicamente - num curso empresarial ou escolar - quando acontece algo significativo, quando aprendemos mais estando juntos do que pesquisando isoladamente nas nossas casas. Muitas formas de ensinar hoje não se justificam mais. Perdemos tempo demais, aprendemos muito pouco, nos desmotivamos continuamente. Tanto professores como alunos temos a clara sensação de que em muitas aulas convencionais perdemos muito tempo.
A preocupação de tornar cada vez mais dinâmico o processo de ensino e aprendizagem, com projetos interativos que usem redes eletrônicas, mostra-nos que todos os processos humanos são realizados por pessoas, portanto elas são o centro de tudo. Não podemos perder isto de vista e tentarmos fazer mudanças no ensino sem passar pelos professores, sem prepará-los para este novo mundo que está surgindo
E ao incluir a informática entre as mídias e empregar o termo “multimídia” ele assinala a necessidade de novas alfabetizações, as alfabetizações múltiplas, que iriam além do domínio técnico das mídias, mas que incluiria “o desenvolvimento de eficiências que possibilitam ao indivíduo desenvolver-se em seu ambiente concreto, aprender com a prática e ser capaz de interagir, trabalhar e ser criativo em suas próprias sociedades e culturas”.
Podemos modificar a forma de ensinar e de aprender. Um ensinar mais compartilhado. Orientado, coordenado pelo professor, mas com profunda participação dos alunos, individual e grupalmente, onde as tecnologias nos ajudarão muito, principalmente as telemáticas
Ainda, segundo Moran, o trabalho toma por base a realidade da sociedade tecnológica atual que gera necessidade de mudanças nas diversas esferas educacionais, principalmente no trabalho do professor para lidar com as novas tecnologias. Esta realidade social sinaliza para a exigência de se repensar práticas docentes, que tradicionalmente privilegiam a comunicação oral em detrimento da construção coletiva do conhecimento. São apresentadas recomendações para o uso pedagógico das redes de computadores na formação de professores, ressaltando a necessidade de um novo paradigma educacional.
O importante é que a escola tenha um projeto educativo participativo, um projeto que envolva professores e alunos num trabalho colaborativo
Iara 24/08/2006

1 Comments:

  • At 9:32 PM, Blogger Vicente Siqueira said…

    Oi, Iára.
    Lendo esse seu texto sobre AVALIAÇÃO, a gente percebe claramente que existe um sem-número de opções para o professor que, consciente da sua importância dentro da sociedade, procura buscar aprimoramento, como é o seu caso.
    As suas atitudes diante do sacerdócio que é o ensino enchem-nos de esperança de que um dia ainda teremos uma escola voltada dinâmica e participativa, dependendo em grande parte do posicionamento do professor.
    Beijos.
    Vicente.

     

Postar um comentário

<< Home